top of page
  • Luiz Marcos Fernandes

Fernando de Noronha: um destino ideal para as férias de verão

Atualizado: 5 de jan.

Arquipélago é atração permanente e recebe voos diários da Azul


Um dos cartões postais de Noronha / foto: Divulgação

Um dos destinos mais cobiçados no roteiro de praias, sol e mar, o arquipélago de Fernando de Noronha voltou a receber turistas desde o mês passado. A pista do aeroporto deste destino turístico passa atualmente por uma reforma, mas nunca ficou um dia sequer fechada e recebe em média oito voos diários da Azul que opera com as aeronaves ATR-600. Estes voos permitem a entrada de 560 pessoas diariamente no arquipélago, mantendo a quantidade de turistas igual à época em que a ilha recebia voos maiores de várias companhias aéreas.


O atrativo principal deste local fica por conta dos roteiros de praias e mergulho. A Baía do Sueste é um dos locais mais procurados, principalmente pelas famílias que contam com crianças. As ilhas nessa região são divididas entre Este, voltado para a África, com ventos mais fortes e o Mar de Dentro – lado voltado para o Brasil e protegido do vento. Apesar disso, em Sueste as ondas não são fortes por ser uma baía. E é fácil de chegar, através do ônibus urbano de Noronha. A praia é marcada por ser local de alimentação das tartarugas, então é bem fácil de encontrar os animais por lá. O local conta ainda com um mangue para completar o visual belíssimo da região.


A Praia do Leão também é uma boa pedida e fica também no Mar de Fora. Nesse ponto as tartarugas costumam desovar e por conta disso, não é permitido ficar na praia após as 18h, já que é de noite que elas costumam colocar os ovos. O acesso é feito pelo Sueste, por uma pequena trilha. A praia oferece águas quentes com piscinas naturais formadas naturalmente. A visita ao Projeto Tamar é voltada principalmente para as crianças, uma visita imperdível. O instituto tem como foco o estudo e preservação de tartarugas em todo o Brasil e possui um centro em Fernando de Noronha por conta da intensa atividade dos répteis nas ilhas, menos cobras, que não se adaptam ao terreno vulcânico. Com palestras e atividades diversas, é uma excelente opção para o visitante conhecer melhor como vivem as tartarugas e também aprender bastante sobre o tema.


Além das mais belas paisagens naturais, Noronha abriga uma gastronomia fresca e saborosa. As ceias de Natal na ilha são trabalhadas com o frescor de peixes, que podem ser pescados na ilha e são servidos geralmente com legumes e verduras orgânicos cultivados no arquipélago, de forma artesanal, assim como a pesca, pois a modalidade de arrasto é proibida. Entre os pratos do final de ano estão receitas como o damasco recheado, saladas, carnes, frutos-do-mar e massas, além do pernil, do bacalhau e do penne com lagosta. E não para por aí: após degustar pratos como o ceviche, risoto de peru, filé suíno e camarão na moranga, o turista pode ainda desfrutar de deliciosas sobremesas que contam com doces variados como o pudim de amêndoas. Todas essas opções podem ser encontradas nos restaurantes e nas pousadas de Noronha, que também podem ser acompanhadas com algumas taças de espumante.


Onde se hospedar

A Associação de Pousadas de Fernando de Noronha conta com 33 pousadas associadas que disponibilizam sistema de reservas e detalhes dos empreendimentos no site: www.apfn.com.br

11 visualizações0 comentário
bottom of page